Telefone: (51) 3110-5757

WhatsApp: (51) 99901-3689

Porto Alegre | Rua Antônio Carlos Berta, 475 - Sala 1003

Gravataí | Rua Francisco Tafas, 105

Canoas | Rua Quinze de Janeiro, 193 - Sala 503

Instagram
Facebook

LIPOASPIRAÇÃO

Contorno Corporal

CONCEITO

Cirurgia plástica do contorno corporal.

 

CANDIDATOS

 

Pacientes com zonas de lipodistrofia, ou seja, acúmulos localizados de gordura subcutânea (abaixo da pele) em determinadas regiões do corpo. 

 

OBJETIVOS

 

O procedimento visa o tratamento dos depósitos localizados de gordura subcutânea localizados em determinadas regiões do corpo, destacando-se principalmente abdome, flancos, dorso (costas), culotes, face interna das coxas, joelhos, braços, porção lateral das mamas, região das axilas e pescoço (papada).

 

TÉCNICA

 

A lipoaspiração é um procedimento cirúrgico realizado através de pequenas incisões (cortes) que variam de 3 a 5 milímetros geralmente camuflados em sulcos ou dobras naturais do corpo. Antes da aspiração, infiltra-se na zona operatória uma solução com soro fisiológico e adrenalina no intuito de diminuir o sangramento local durante o procedimento. A cirurgia é realizada com o auxílio de cânulas específicas, com ponta romba e  ligadas a um aspirador cirúrgico (à vácuo, vibrolipo ou lipolaser). Toma-se sempre o cuidado para retirar somente as camadas mais profundas dessa gordura para se evitar depressões ou irregularidades. Essa gordura aspirada, ao invés de ser descartada, pode ser aproveitada e injetada em outras regiões corporais onde a falta de gordura subcutânea é característica ou onde deseja-se ter um aumento de volume e melhora da forma, num procedimento chamado de lipoenxertia (lipoescultura). Além disso, a lipoaspiração pode tanto ser combinada com outros procedimentos cirúrgicos (como a abdominoplastia) quanto servir de complemento para outras cirurgias (como a mamoplastia, a gluteoplastia, a braquioplastia e a cruroplastia).

 

DURAÇÃO

 

O procedimento tem duração de 1 a 3 horas, na dependência das alterações anatômicas a serem tratadas.

ANESTESIA

 

Sedação associada à bloqueio condutivo (anestesia peridural ou raquidiana).

INTERNAÇÃO

 

Cirurgia em caráter ambulatorial com alta hospitalar em torno de 6 horas após o procedimento.

CUIDADOS

 

O paciente utiliza uma malha modeladora de forma contínua nos primeiros 30 dias de pós-operatório. É estimulado a caminhar precocemente. Geralmente iniciam-se as drenagens linfáticas a partir do quarto dia de pós-operatório.

 

RECUPERAÇÃO

 

O retorno às atividades habituais ocorre de forma gradual até 15 dias após a cirurgia. O retorno às atividades físicas inicia a partir de 30 dias de pós-operatório. Nesse período ocorre o desaparecimento gradual do edema (inchaço) e das equimoses (roxos) habituais nesse tipo de procedimento.

Lipoaspiração, Lipo, Lipoenxertia, Enxerto de Gordura, Lipoescultura, Vibrolipo, Lipolaser, Minilipo, Lipolight

VÍDEO EDUCATIVO